• bloom

Veja o que rolou no Festival Motriz!

Atualizado: Jul 27



Nos dias 18, 19 e 20 de maio a bloom realizou, de forma 100% online, a primeira edição do Festival Motriz, trazendo o tema "Um Oceano Colaborativo".


Com foco em liderança, colaboratividade e criatividade para profissionais das ciências do mar, o objetivo do festival era gerar um ambiente de trocas, com pontos importantes e estratégicos para fortalecer os profissionais atuantes na sustentação da Década do Oceano (2021 à 2030).


Desta forma, o festival abordou três temas principais e contou com convidados super especiais, dá só uma conferida:


  • Segunda, 18 de maio

O que a Década dos Oceanos e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) mudam no cenário das Ciências do Mar?

Com: Mariana Andrade (bloom e All-Atlantic Ocean Youth Ambassador) e Ronaldo Christofoletti (Maré de Ciência e UNIFESP)

  • Terça, 19 de maio

O futuro é colaborativo, será que as Ciências do Mar estão conseguindo acompanhar esse movimento?

Com: Felipe Anghinoni (Perestroika), Daniel Souza (bloom e Grão Germinadora), Arthur Cumplido (Stone House) e Mariana Lobato (Oceanógrafa, Ativista e Cientista)

  • Quarta, 20 de maio

Inovação Social e Novas Tendências para Ciências do Mar

Com: Amanda Albano (bloom), Cleiton Foster (Oceanógrafo e GT de Empreendedorismo em Ciências do Mar) e Jana Bumbeer (Bióloga e Mergulhadora)


Os três encontros foram transmitidos pelo canal da bloom no YouTube e logo terão os seus acessos liberados ao público geral.


(ops, acho que demos um spoiler!)

(se eu fosse você eu já me inscrevia no canal para não perder nada quando os vídeos forem ao ar)


Sobre o público que nos acompanhou 🙋🙋‍♂️


Nessa primeira edição do festival nós tivemos cerca de 248 inscritos, que garantiram seus ingressos lá na plataforma do Eventbrite, onde era possível escolher entre três modelos de contribuição para o evento:

  • Inclusivo/Gratuito, para quem não pode contribuir financeiramente;

  • Contribuição Consciente, onde o inscrito tem a liberdade de contribuir financeiramente com o valor que puder/quiser;

  • Abundante, que tem um valor fixo que cobre a participação do inscrito e ainda auxilia a participação de quem não pode contribuir.

Aqui na bloom, sempre que possível, nós prezamos por esse modelo de Contribuição Consciente, pois acreditamos na corresponsabilidade entre idealizadores e participantes para garantir o sucesso do evento. Além disso, conseguimos proporcionar um evento mais inclusivo e acessível nesse momento tão atípico que estamos vivendo.


Uma informação que nos deixou bastante contentes foi ver que nossas ações estão alcançando cada vez mais lugares! Já nessa primeira edição estivemos presentes em diversas cidades do Brasil e até fora dele, sabia?! Contamos com inscrições diretamente da Itália, Espanha e Portugal.




Por aqui as regiões com mais inscritos foram: sudeste (48%), nordeste (29%), sul (15%), norte (2%) e centro-oeste (1%). Os outros 5% representam cidades fora do Brasil e cidades reconhecidas pela plataforma como "desconhecidas".


Por outro lado, temos uma informação que não trás lá grandes novidades. Como já aconteceu outras vezes em atividades da bloom, o público do festival foi em sua maioria feminino! Vocês também notam mais mulheres nos espaços de discussões relacionados às Ciências do Mar?




Sobre o feedback que recebemos 📝


Como é de praxe aqui na bloom, sempre gostamos de pedir um feedback para as pessoas que participam das nossas atividades. Isso porque é importante pra nós saber a opinião de vocês e dar aquela atenção ao que pode ser melhorado, como também potencializar aquilo que já está legal.


Como mencionamos lá no começo do texto, a seguinte frase definia o objetivo do festival e estava nos nossos materiais de divulgação:


"Um festival 100% online, com objetivo de levantarmos pontos importantes e pilares estratégicos para nos fortalecermos como profissionais atuantes na sustentação da Década dos Oceanos (2021 a 2030), e na concretização das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável."

Diante disso, questionamos nossos inscritos sobre a perspectiva de expectativa e realidade. Com a opção de mensurar em uma escala de 1 à 5, sendo 1 correspondente a "péssimo, não atendeu em nada as minhas expectativas" e 5 a "ótimo, superou minhas expectativas", esse foi o resultado que obtivemos:




52% das pessoas avaliaram com nota 5, seguido e 36% que avaliaram com nota 4 e por fim, 7% avaliaram com nota 3. As notas 1 e 2 não receberam nenhum voto.


Curiosas sobre a relevância do tema e o quanto ele está sendo discutido dentro da nossa área, perguntamos aos inscritos se eles já haviam participado de algum evento que teve a colaboratividade como tema principal.



A maioria, 78%, respondeu que não, o que nos deixa com a sensação de termos acertado no tema da primeira edição do festival, mas também, por outro lado, ressalta a necessidade de batermos nessa tecla mais vezes. Como vamos ter sucesso na cocriação da Década do Oceano e atingir as metas dos ODS se não falamos sobre articulação coletiva?


Por fim, gostaríamos de saber se os inscritos indicariam o festival à um amigo, e a resposta foi de aquecer o coração!




100% de SIMM!


Outra coisa que sempre fazemos aqui na bloom é deixar um espaço aberto ao final dos nossos formulários de feedback para que as pessoas possam expressar coisas que não foram contempladas nas perguntas objetivas. Sempre deixamos um espaço livre para envio de críticas, elogios, desabafos, enfim... é um espaço livre! Confira abaixo algumas das mensagens que recebemos!


"Eu não tenho experiência nas ciências do mar e por isso achava que não tinha nada para contribuir com a década do oceano, mas depois de assistir as palestras percebi que cada um pode colaborar de alguma forma." - Anônimo
"Além de trazerem a informação, divulgando assim todas as questões das ciências do mar nos últimos anos, vocês trouxeram debates muito importantes para fazermos a diferença nessa década do oceano e colaboramos juntos. Eu, como jovem aspirante à biologia marinha no 1° período da faculdade, pude entender o cenário atual, as dificuldades e as formas como poderemos atuar hoje e futuramente." - Laís Isabelle da Silva Chaves
"Em meio a pandemia eu como estudante de oceanografia estava bastante desanimada pela falta de cursos e palestras voltadas para essa área. Vocês mudaram isso! Foi incrível! Além de ser acessível para todo mundo." - Evelin Landin Ribeiro Vitório
"Bloom, adorei o trabalho e a iniciativa de vocês, o assunto de colaboratividade nas Ciências do Mar nunca tinha passado pela minha cabeça e eu achei que vocês souberam explicar isso muito bem! Iniciei o curso de oceanografia esse ano e sempre gostei do Oceano, mas só fiquei sabendo da Década dos Oceanos por vocês. Parabéns pelo trabalho e continuem levando conhecimento e reflexão para mais pessoas!" - Jacqueline Cotinguiba Sibuya
"Tenho 17 anos e sonho em ser oceanógrafa, e me formar na década do oceano me anima mas eu não sabia o que era hahahaha,toda essa oportunidade me animou pra criar uma cultura oceânica nas pessoas próximas de mim e a usar mais minhas redes sociais para fazerem as pessoas entenderem a importância do oceano, da década e da conservação. Muito obrigada pela oportunidade! Foi ótimo ter contato com tantos profissionais incríveis." - Gabriela Crivoi Neres
"Gente, amei o festival! Mas senti de podermos trocar mais! Aposto que se juntasse todo mundo que participou, ideias incríveis surgiriam e sairiam do papel. Podia rolar um grupo com a galera interessada em estabelecer parcerias, projetos em comum, trocas, suporte... Sinto que a colaboratividade é fundamental para romper barreiras, e ter contatos com as pessoas que querem fazer a diferença é a chave. Juntos somos mais fortes e ecoamos a nossa causa mais alto, para mais gente, para o máximo de pessoas. Com uma mega união, vamos parar de falar para os nossos, para os interessados na causa e, assim, conseguiremos atingir pessoas das mais diferentes esferas, realidades e pensamentos." - Rafaela Torres Pereira
"Adorei o fato de trazerem pessoas de outras áreas para contribuírem e para que sejam inseridos no nosso contexto, tomara que propaguem a consciência marinha para seus meios. Continuem fazendo esta ponte, acredito que será sempre positivo." - Anônimo

Bom, e se você foi um dos participantes do Festival Motriz e/ou chegou até o final desse texto, nós te agradecemos. Gratas por acreditarem na bloom e pelo interesse em um tema tão relevante para todos nós.


Nos vemos na próxima!


#oceanocolaborativo

53 visualizações

NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn